Tod@s pela Inclusão, Diversidade e Equidade

Notícias
Entrevista Hamalli Alcantara

DIVERSIDADE NO MUNDO DO TRABALHO SEM TRABALHADOR

Com o advento da revolução 4.0, a pergunta que se faz é: para onde vai o trabalhador num mundo cada vez mais sem espaço para a mão de obra humana? E a diversidade no mundo do trabalho, até que ponto as novas tecnologias estarão comprometidas com a inclusão?

A indústria 4.0 tem como dois de seus pilares a automação das linhas de produção em conjunto com Inteligência Artificial, que segundo pesquisas reproduz preconceitos. Um recente relatório da Universidade de Nova York apontou “falhas” que impulsionavam preconceitos nos programas de Inteligência Artificial por conta de quem controlava essas áreas. A pesquisa demonstrou que a maioria dos perfis por trás dessa indústria era de homens brancos, contribuindo assim para a perpetuação de discriminações históricas, uma vez que a máquina refletia o perfil dos seus programadores.

Ao nos depararmos com o relatório de 2018, da AI Index, isso fica bem mais claro. Mais de 80% dos professores de IA (Inteligência Artificial) são homens, apenas 15% dos pesquisadores de IA no Facebook e 10% dos pesquisadores de IA no Google são mulheres, os homens representam atualmente 71% do grupo de candidatos a empregos de IA nos Estados Unidos.

Como a indústria, o comercio, os serviços públicos e a universidade estão lidando com essa nova realidade, e principalmente como lideranças que fazem a diferença nesses setores

 Em 18 de novembro, antevéspera do dia da Consciência Negra, Revista RAÇA realizará seu principal evento de cunho social, sustentabilidade e diversidade: Fórum Brasil Diverso 2019.

A iniciativa tem como objetivo discutir o ingresso, permanência e ascensão de negros, mulheres e outros grupos historicamente discriminados no mercado de trabalho brasileiro. O encontro tem se caracterizado como um espaço onde CEOs, gestores públicos e tomadores de decisão, que estão fazendo a diferença na área de inclusão, reúnam-se para tratar das principais iniciativas e troca de experiências deste setor.

O tema deste ano será a Indústria 4.0, Inclusão e Exclusão de pessoas. Para tanto está confirmada a presença dos principais agentes, que estão fazendo a inclusão, na indústria, comércio, academia e setor público brasileiro e como aconteceu em edições anteriores contará com palestrantes do exterior.

O primeiro painel, Desafios da indústria 4.0 na inclusão de

Alex Salgado – vice-presidente da VIVO/ Telefônica

pessoas, contará com a presença do vice-presidente da VIVO/ Telefônica, Alex Salgado, Théo Van’der Loo,

ex CEO da Bayer e CEO da NatuScience S.A, Elizabeth Cotton, Diretora de parcerias estratégicas Black in Tecnology- Estados Unidos e Rachel Maia, CEO da Lacoste.

Haverá outros três painéis, entre os quais: Tecnologia e Inclusão no Mercado de Trabalho. Destaque, neste painel, para AD Junior, o influenciador digital que atingiu mais de cinco milhões de pessoas em 2018, por meio de suas redes sociais.

O setor público não ficou de fora. Destaque, neste painel, para a presença da Secretária de Igualdade Racial do Estado da Bahia, Fabia Reis e de Paulo Reis, autor da Lei de Cotas na cidade de São Paulo, que estarão no painel: Políticas Públicas de inclusão no setor público.

Maurício Rodrigues – Vice-Presidente de Finanças da Bayer Crop Science para a América Latina

O quarto e último painel, Gênero e RAÇA em Postos de Comando, tem presença confirmada de Maurício Leal, vice-presidente de Finanças da Bayer para América Latina e Maria Cristina Sampaulo, vice-presidente de Gestão do Goldman Sachs Bank.

O Fórum Brasil Diverso, este ano, inova novamente ao trazer para o debate sobre diversidade a indústria 4.0 que, com sua inteligência artificial, pode incluir ou excluir milhões de pessoas em todo o mundo nos próximos anos e, como diz o coordenador do Fórum, Mauricio Pestana: “Não dá para falar em inclusão e diversidade nas empresas, se muitas delas ou irão desaparecer ou serão quase que totalmente atomizadas na era da indústria 4.0”.

Seguindo a temática do Fórum as inscrições para participação, este ano, serão também todas automatizadas.

As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas pelo site www.evento.forumbrasildiverso.org

Comentários

comentários